Como publicar o seu livro

Neste e-book os novos escritores encontrarão respostas para muitas de suas dúvidas, geralmente muitas pessoas tem vontade de publicar um livro, mas, não sabem quais os meios existentes, são muitas as opções, então, delineei o passo a passo. É um texto leve e direto que provavelmente irá facilitar a escolha do caminho a seguir.
Por apenas R$ 7,00 você terá acesso a este e-book, não perca mais tempo, mostre o seu talento ao mundo

 

 

Duvidas para publicar???

É, todo escritor passa por isto, lembro bem como foi comigo, quando resolvi escrever o primeiro livro, senti uma grande alegria, mas, mal sabia o que me aguardava.
Foram meses pesquisando as rotas da publicação, de preparo do material, um caminho desconhecido, junto com todas as dúvidas havia também a insegurança, o receio da opinião dos leitores.
Foram muitos os testes, várias editoras, até que por fim, depois de anos, resolvi escrever este e-book para ajudar os que tentam publicar o primeiro livro.
Sei que sempre estamos aprendendo, a cada dia há inovação no mercado literário, mudança de regras, mais opções. Então, busco estar sempre atualizada, hoje consigo dedicar mais tempo ao que eu realmente amo fazer: escrever.
Tenho livros em livrarias, publicados por editoras, também tenho livros publicados de forma autônoma, aos poucos vejo a minha obra chegar longe. Vendo livros no exterior, isto me dá um pouco de segurança, pelo menos monetariamente para prosseguir na construção do meu sonho maior.
Então amigos, saibam que escrevi o e-book COMO PUBLICAR O SEU LIVRO na intenção de ajuda-los, espero que as dicas contidas na narrativa possam auxiliá-los e minimizar a ansiedade dos primeiros passos neste caminho, como vocês sabem, para a realização de uma meta, temos que manter o foco e buscar conhecimento, assim, com certeza poderemos prosseguir. Fiquem à vontade para entrar em contato. Afinal estamos no mesmo barco.

Vera Fonseca
Por apenas R$ 7,00 você terá acesso a este e-book, não perca mais tempo, mostre o seu talento ao mundo

 

 

Viagem.


Vou falar agora pra você,
Não sei qual o alcance do tom,
Nem se haverá um romper de barreiras,
Mas, deixarei a minha alma vagar com a voz,
Como se assim eu pudesse administrar os ruídos,
E também, desta forma, tudo estivesse dominado,
Então, não existiriam mais os medos, as fugas e segredos...
Pensando bem, resolvi soltar a voz com o delinear das letras,
Assim, quem sabe enquanto eu cantar consiga criar um arranjo,
E deste jeito, ao abrir o peito, minha alma aprenda o embalo do voo...
Também, sei que é melhor viver assimilando o decifrar do som, da voz,
Isto faz com que o tempo seja bem mais que uma cobrança, mas, um complemento,
Como quando a vida parece leve, e nós possamos simplesmente olhar e ver, apenas olhar e ver,
Porque além daquilo que enxergamos não há mais nada, além do respirar, estamos nós,
Mesmo que sós, continuamos a traçar um caminho, o nosso destino, a nossa bagagem...
E tudo isto me faz ver, que além de mim, pode ser que haja você, ou apenas uma fantasia,
Pois durante todo este tempo, tudo o que esteve adiante do meu olhar, foram os sonhos,
As imagens que eu criei enquanto fingia que vivia, no fundo, minha alma seguia adormecida...
E agora, o que me fez despertar foi um milagre, o amanhecer oriundo do teu cantar,
Então não posso mais fingir, ou ignorar, acordei para a vida, aprendi a respirar, no tom de tua voz,
Por isto, a felicidade pode ter um sentido, mesmo que seja apenas uma fantasia de minhas fugas,
Quando eu finjo que a vida acontece lá fora, aqui dentro, além da tua voz não há nenhum som...
E tudo isto me faz ver, que além de mim, pode ser que haja você, ou apenas uma fantasia...


Vera Fonseca 18/12/2014

Memórias...

Sentimentos calados no mesmo compasso.

 

Está bem, não importa se você passou, sumiu, desapareceu,

Também não faz diferença eu lembrar de tantas passagens,

Como tudo na vida é assim, o acontecer e depois se findar,

São etapas que o tempo nos dá de presente, seja como for...

 

Então, me pego assim sorrindo ao mexer em fotos antigas,

Ao revirar minhas memórias, remendo algumas partes de ti,

Todos os tão importantes momentos em que éramos um só,

Fizemos parte de um jogo em que a entrega valia bem mais...

 

Agora resta o sabor de uma doce sensação, pura nostalgia,

E a consciência de que a cada toque traçado na pele, de leve,

Foram desenhadas marcas profundas que criaram raízes,

Para que não esqueçamos, o infinito começou aqui...

 

E a febre é como um perfume de rosa inundando o quarto,

Nesta viagem a tua voz repleta de melodia repousa em mim,

Mesmo quando eu não entendo em qual estação te deixei ir,

Não deve ter sido engano, isto faz parte de todo romance,

Em algum lugar, esquecemos de alimentar nossos sonhos...

 

Sacudo a cabeça, largo tudo em cima da cama,

A velha caixa das nossas amareladas lembranças,

Misturo a dor com o sopro de jazz da velha vitrola,

Ensaio alguns passos, danço só, no rastro do teu pisar...

 

Vera Fonseca 14/02/15

 

Quero descrever os loucos...

 

Cansei de gente vazia,

Aqueles com egos inflados,

Busco o meio termo, raro e terno,

Como o tempo lento, ora em silêncio,

Inerte, inodoro, indiferente...

 

Gosto de gritos inesperados,

Os que nos pegam de surpresa,

Fazendo renascer a chama atrofiada,

Da preguiça cansada que me possuía,

Pois do outro lado, há uma pessoa insana,

Inebriada pelas dores, aguarda em polvorosa,

O meu despertar, mesmo que seja só por medo...

 

Não, não vamos morrer de amor,

Talvez tenhamos muito mais sorte,

De mergulhar nas vias de outros mares,

E nos deixemos levar por brisas serenas,

Sob o misterioso brilho que nos pertence,

Seremos então, infinitas madrugadas livres,

Dentro deste ocaso que tanto buscamos...

 

Vera Fonseca 28/11/14

vps hostingAWeber - Email Marketing Made Easy

Lançamento

PASSAGEIRA

Meu novo livro de poemas, as letras falam por si... Que a vida seja sempre um reflexo do amor. Agradeço a Deus pela vida e inspiração, Pela mãe querida, que me deu o corpo, E aos familiares e amigos, ternos, Os principais elos doados, Pela energia do infinito, E indecifrável, Lindo Universo, De...
>

Morbidez

Morbidez.   Enredo que mostra o dia a dia de um trabalhador, a humildade de um homem sem cultura, pai de família, que vive enclausurado no sistema da classe operária, um escravo do mundo moderno, lutando para dar a seu filho único tudo o que não teve, estudo e oportunidade para crescer...
>

Publique de graça

Acesse o site e confira, é uma maneira segura e profissional de publicar o seu livro (impresso), cd ou áudiolivro, e, disponibiliá-lo para venda em todos os países onde haja uma filial do grupo Amazon, além dos outros canais de vendas (distribuidores), super recomendo, tenho seis livros publicados aqui, a cada dia fico mais surpresa com o número de leitores de fora do Brasil, faça como eu, 

cadastre-se agora mesmo

Depois de publicar seus livros no Createspace, abra uma conta internacional para receber os seus pagamentos, faça como eu, publique os seus livros de forma profissional e receba as suas comissões com transparência, este é o método seguro, eu posso garantir.

Dica para receber pagamentos internacionais, se você realiza negócios com empresas no exterior, compra e vende produtos (livros e outros), conheça o PAYONEER, seja pago diretamente em sua conta Payoneer débito pré-pago MasterCard Card, disponível para mais de 200 países em todo o mundo! 

 

 

   

Western Union Online

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!